Mais de um ano após inauguração, CMEIs começam a funcionar

A Prefeitura de Curitiba anunciou que na segunda-feira (12) começam a funcionar dez novos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) – as antigas creches -, que vão atender crianças cadastradas para vagas nas regionais Bairro Novo, Tatuquara, CIC, Portão e Santa Felicidade. A expectativa é atender, ainda neste mês, 560 novas crianças nestes CMEIs.

As dez unidades foram inauguradas pelo ex-prefeito Gustavo Fruet (PDT) em seu último ano de gestão (2016), mas não entraram em funcionamento por falta de equipamentos e servidores designados para o trabalho. Reportagem da Gazeta do Povo em maio do ano passado mostrou que no total, 12 CMEIs inaugurados por Fruet continuavam fechados ou funcionando parcialmente. Somadas, as instituições poderiam receber 2.510 crianças de até cinco anos, quantidade que equivale a cerca de 28% do déficit de vagas, que, na época, girava em torno de 9 mil crianças.

“Há muito essas famílias esperavam por esse dia. Estamos fazendo o melhor e o mais rápido para atendê-las”, disse o prefeito Rafael Greca na sexta-feira em texto publicado pela assessoria de imprensa da prefeitura.

Para colocar em funcionamento os novos CMEIs, além do remanejamento dos servidores, a administração municipal equipou as unidades com móveis, eletroeletrônicos, cobertores, colchonetes e material pedagógico.

“Gradativamente trabalharemos para a ampliação do atendimento. Com isso chegaremos a 1.033 novas vagas até o fim do ano nestas dez unidades”, afirmou a secretária da Educação, Maria Sílvia Bacila por meio da assessoria de imprensa.

As vagas serão abertas nos CMEIs Jayme Canet Junior, Ivo Arzua e Pedro Clayton Pelanda, no Sítio Cercado; Júlio Raphael Gomel e Tânia Brand, no Tatuquara; Lúcia Demeterco, no Campo de Santana; Maria do Rocio Ramina Maestrelli, na CIC; Dona Francisca Wisek, no Augusta; Santa Schier, no Guaíra; e Giovanna Serenato Panichi, no bairro São João.

Nos primeiros dias, as crianças passarão por um período de adaptação. “É necessário porque são muito pequenas e, em alguns casos, nunca foram para uma unidade educativa ou ficaram longe dos pais”, comentou a superintendente de Gestão Educacional, Elisângela Mantagute.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.6”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Source link

Be the first to comment on "Mais de um ano após inauguração, CMEIs começam a funcionar"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*