Itália diz que pode negociar com regiões que pedem maior autonomia

O primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, disse que seu governo está disposto a conversar com os representantes do Vêneto e da Lombardia depois que eleitores expressaram, em votações populares, que desejavam maior autonomia das regiões em relação a Roma.

Gentiloni afirmou que é “possível e provável” que certos serviços funcionem melhor se as duas regiões conquistassem maior poder. Os líderes regionais estão buscando mais autonomia em questões como segurança, imigração, educação e meio ambiente, além de manter mais receitas fiscais.

Em seus primeiros comentários desde a votação do domingo (22), Gentiloni afirmou nesta terça-feira (24) que o governo estava “pronto para negociar”, apesar de as questões específicas e as condições de discussão não terem sido decididas.

O plebiscito pacífico do último domingo reflete o mesmo impulso para uma maior autodeterminação na região espanhola da Catalunha, que está em conflito com o governo central de Madri.

As informações são da Associated Press.

http://platform.twitter.com/widgets.js

Source link

Be the first to comment on "Itália diz que pode negociar com regiões que pedem maior autonomia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*