Consumidor: Ipem divulga balano da Operao Pscoa 2018

Operação Páscoa realizada pelo Instituto de Pesos e Medidas do Paraná em 150 pontos de venda e fabricantes verificou 2.687 unidades de produtos em exames de laboratórios e 1.100 avaliações preliminares.


Foram lavrados 28 autos de infração por falta quantitativa e por irregularidades formais na embalagem dos produtos. A Operação teve início em seis de dezembro, sendo finalizada com o balanço no dia 28 de março.


Segundo o presidente do Ipem/PR, Oliveira Filho, neste ano a operação iniciou em dezembro com a visita de agentes do Instituto diretamente nos fabricantes, antes mesmo de disponibilizarem os produtos aos consumidores paranaenses.


Para Oliveira, o objetivo da Operação foi garantir produtos comercializados dentro dos padrões das normas estabelecidas pelo Inmetro, e manter o equilíbrio nas relações comerciais.


O gerente de Pré-Medidos do Ipem/PR, Sérgio Camargo, falou sobre os produtos que foram reprovados. “Os chocolates tiveram diferenças fora dos padrões legais, mas os pescados chegaram à diferença média de até 120g, em produto com 800g”.


A Operação foi promovida em todo Estado, através da sede do Ipem/PR em Curitiba, e das Regionais de Londrina, Maringá, Cascavel e Guarapuava.


FISCALIZAÇÃO – Durante a ação de fiscalização, os fiscais pesaram ovos e chocolates de diferentes marcas, e pescados congelados. Além disso, observaram descrições de embalagem, indicação de faixa etária para ovos com brindes, orientações de uso, e a impressão do selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) para os brinquedos.


CONSUMIDOR – O consumidor deve se orientar pela indicação do peso líquido do chocolate, que deve constar obrigatoriamente na embalagem. A embalagem não faz parte do peso final do produto. As dicas para compra estão publicadas no site do Ipem/PR – www.ipem.pr.gov.br.


As empresas autuadas pelo Ipem/PR têm dez dias para apresentar defesa ao órgão estatal. De acordo com a lei federal 9.933/99, as multas podem chegar a R$ 1,5 milhão.


PRODUTOS – Relação de produtos reprovados: Bacalhau Zarbo, comercializado pelo Condor Super Center; Bombons Sortidos de Chocolate Recheado – Polonês, comercializado por Goplana; Filé de Tilápia (congelado), da marca Smart Fish; Camarão (congelado), da marca Costa Sul; Peixe Manjuba (salgado), da Vendramini e Filhos; Chocolate (bco c/ cereais e uva passa), da Talento; Ovo de Páscoa (com castanha do Pará), da Talento; Bombom cob c/ choc ao leite recheado Ferrero Rocher; Chocolate (ao leite c/ cereal crocante) Tortuguita; Filé de Peixe congelado (s/ pele – Merluza), da Horizonte Sul; File de Peixe Tilápia Congelado, da Smartfish; Filé de Peixe Tilápia Congelado, da Luzitania; Camarão Sete Barbas  Descascado Congelado, da Luzitania; Camarão Sete Barbas  Descascado Congelado, da Quatro Mares; Camarão Vannamei sem Cabeça Congelado, da Costa Sul; Filé de Peixe Abrotea Congelado, da Quatro Mares; Filé de Peixe Tilapia Congelado, da Komdelli; Chocolate ao Leite com Recheio sabor Torta de Maracuja, da Talento; Chocolate ao Leite com Recheio de Creme e Biscoito sabor Chocolate, da Talento; Camarão  Descascado Congelado, da Great Value; Chocolate ao Leite com Recheio de Morango, da Garoto; Bacalhau, comercializado pelo Superm. do João; Bacalhau, do Superm. Pacheco; Peixe Bacalhau, do Superm. no Ponto.


 


 

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Source link

Be the first to comment on "Consumidor: Ipem divulga balano da Operao Pscoa 2018"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*